Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Grupo de Trabalho organiza Seminário sobre Resíduos Sólidos e Educação Ambiental

  • Publicado: Segunda, 21 de Agosto de 2017, 15h57
  • Última atualização em Segunda, 21 de Agosto de 2017, 16h04
  • Acessos: 34
imagem sem descrição.

O Seminário Estadual Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos e Educação Ambiental ocorre nos dias 22 e 23 de agosto, no Centro de Eventos Benedito Nunes da Universidade Federal do Pará (UFPA). A iniciativa coincide com a formação e lançamento do Grupo de Trabalho Resíduos Sólidos e Educação Ambiental, vinculado à Rede Paraense de Educação Ambiental (Rede PAEA). O GT foi formado em junho deste ano, a partir de reuniões organizativas com objetivo de discutir e propor ações e debates sobre a transversalidade da educação ambiental na Política Nacional de Resíduos Sólidos.​

O Seminário Estadual vem sendo elaborado no contexto de demandas observadas pelo Grupo para propiciar a reflexão e o debate sobre os aspectos comuns e conflitantes das Políticas Nacionais de Gestão dos Resíduos Sólidos e de Educação Ambiental, fortalecendo os princípios da inclusão social, da gestão participativa, da cooperação e da responsabilidade compartilhada, aprofundando os aspectos relacionados à diversidade local e regional.

​Dentre os demais objetivos do seminário estão: oportunizar a interação entre diferentes iniciativas e experiências de atores sociais em gestão de resíduos sólidos e práticas de educação ambiental no Estado do Pará; contribuir com o protagonismo das organizações dos catadores de materiais recicláveis, no processo de inclusão social; levantar propostas ao Programa Nacional de Educação Ambiental (ProNEA), visando fortalecer a transversalidade e ações estratégicas comum com a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

O Grupo está aberto para novas adesões e participação de pessoas e instituições interessadas, que se integrem à Rede Paraense de Educação Ambiental, visando somar esforços e implementar ações comuns, sempre sob a égide do Tratado Internacional de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global.

Contextualização - A falta de planejamento e organização dos centros urbanos, predominante em quase todos os contextos sociais, e a maneira de viver que o capitalismo impõe favorecem o consumo e maior geração de resíduos sólidos na contemporaneidade.

Muitos países da América Latina, para atender às metas propostas na Cúpula da Terra, mudaram suas legislações ambientais, elaboraram planos de gestão de resíduos sólidos, tanto em nível nacional quanto municipal buscando adaptá-los às necessidades de cada região ou área.

De acordo com a Organização Panamericana de Saúde (OPS), em 2005, somente 2,2% dos materiais recicláveis se recuperava dos resíduos sólidos, dos quais 1,9% correspondiam à reciclagem de materiais inorgânicos e 0,3% de reciclagem de produtos orgânicos. Geralmente, as atividades de separação de resíduos sólidos para reutilização e reciclagem são realizadas em diferentes estágios funcionais de gestão por setores informais por meio dos catadores.

Rede PAEA – Criada em 1999, a Rede Paraense de Educação Ambiental (Rede PAEA) é fruto do esforço dos educadores ambientais do Estado do Pará para promoverem a interação, a reflexão e o fortalecimento da educação ambiental em sua dimensão teórico-prática no território paraense.

​Mais informações sobre o Seminário Estadual Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos e Educação Ambiental, clique aqui.

Texto: Vitor Barros - Trópico em Movimento
Arte: Divulgação

registrado em:
Fim do conteúdo da página